A ansiedade prejudica a sua postura

Especialistas consideram a ansiedade como o mal dos tempos modernos. Situações de sofrimento mental, podem causar dores musculares e geralmente afetam os ombros, lombar, pescoço e, em consequência, a sua postura. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde) cerca de 33% da população mundial sofre com este transtorno mental, que prejudica a vida social e profissional de muitas pessoas.

A ansiedade é uma sensação de excessiva excitação do sistema nervoso central. É um sintoma com características psicológicas, muitas vezes confundida com o medo, e que é caracterizada pelo sentimento de insegurança e nervosismo. Michelle Vieira, presidente da Associação dos Portadores de Transtornos de Ansiedade (Aporta), explica que a “ansiedade é a percepção de que algo ruim pode acontecer a qualquer momento, é um mecanismo de proteção e de defesa do organismo.”

Aproximadamente 23% dos brasileiros terão distúrbios relacionados à ansiedade ao longo da vida, segundo os dados do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas de São Paulo.

Os sintomas físicos causados pela ansiedade, geralmente, são taquicardia, sudorese, tremores, secreções urinárias e fecais, dor de cabeça, entre outros. E ainda podemos citar a tensão muscular, o que relacionamos com a postura incorreta, pois seu corpo tende a reagir a este comportamento.

Engana-se pensar que dor na coluna, por exemplo, está relacionado somente a hábitos posturais ou sedentarismo. Existe uma conexão entre o estresse, ansiedade e dores nas costas. Em toda situação que você fica ansioso, o cérebro entende que estamos sob ameaça e seu organismo libera o hormônio cortisol e consequentemente aumenta a glicose sanguínea, que é o combustível que faz com que possamos andar e falar. E atenção! Quando liberamos muito cortisol, ou seja, em excesso causado pela ansiedade, este por sua vez prejudica o sistema imunológico e aumenta a morte celular, inclusive de neurônios.

Durante os períodos de forte tensão, os músculos tendem a se contraírem, causando dor e até a curvatura da coluna e ombros, na demonstração de insegurança e medo.

 

Coloque seu e-mail abaixo e receba as
atualizações do nosso blog em primeira mão.


 

3 DICAS PARA DIMINUIR A ANSIEDADE

Primeiramente é preciso identificar o que está causando a ansiedade para poder combatê-la. Respire fundo e lentamente o maior tempo possível. Isso irá ajudar você a desacelerar o cérebro e, consequentemente, a mente.

Além disso, você pode praticar alguns passos que irão ajudar a diminuir e até se livrar dela.

1 – Quando surge um problema, saiba que a solução está no fato em si e não em sua mente ou pensamento. Sendo assim, não olhe para trás e nem em problemas passados, isso só irá aumentar a ansiedade. Procure não pensar na situação negativa e tente distrair sua mente com outra coisa. Brigue com ela se for preciso, mas não permita que ela controle você.

2 – Procure fazer o que for possível para resolver a situação, mas com ações e não com os pensamentos. O que estiver ao seu alcance, faça.

3 – Nem sempre podemos ganhar ou conquistar algo, por isso prepare a sua mente para as possíveis derrotas.

 

5 EXERCÍCIOS QUE AJUDAM A ALIVIAR A ANSIEDADE

Controlar a ansiedade é um processo frequente. Todos os dias somos impactados com situações que provocam a excitação em nossa mente. Dessa forma, podemos aliviá-la, com exercícios. A prática de atividade física, além de ajudar a fortalecer os músculos, fundamental para sustentação da coluna, manterá a postura correta e aliviará a ansiedade.

1 – PILATES: com movimentos que aumentam a força e flexibilidade, utiliza de técnicas que aliviam estresse e proporcionam sensação de alívio e autocontrole.

2 – IOGA: trabalha o controle da respiração e proporciona bem-estar para o corpo e mente.

2 – ALONGAMENTO: ajuda a aliviar as tensões musculares e a relaxar.

3 – CORRIDA: exige bastante energia do corpo que, em troca, produzirá bastante endorfina, noradrenalina e serotonina. Correr movimenta todos os grupos musculares e ajuda a perder calorias 🙂

4 – CAMINHADA: apesar de exigir pouco do corpo, que irá gerar pouca endorfina, caminhar ajuda a acalmar a mente.

5 – DANÇA: o corpo estará em total movimento e você irá aprender a controlá-lo, além de exigir concentração.

 

E já que falamos de ansiedade e postura, temos uma dica extra para que você evite futuros problemas com a sua coluna. O suporte monitor ajuda a corrigir a sua postura enquanto você estiver à frente do computador. Ele evita dores no pescoço e lombar, mantém a tela na altura ideal dos olhos (tem ajuste de altura) e evita a fadiga muscular.

São 6 modelos de suporte e também tem a opção de suporte para quem usa notebook. Confira os produtos clicando: monitor e notebook.

E para finalizar, lembre-se: desacelere a sua mente. Uma mente angustiada é uma mente desequilibrada.

 

Até a próxima semana.
Abraços

Seja o primeiro a comentar!

Comente!

Nossos Clientes

Vídeos de Produtos

Depoimentos