Pratique a “boa higiene do sono” e mantenha-se saudável

Dormir é uma daquelas atividades que a massiva maioria das pessoas adora praticar. Entretanto, mesmo com o nível de adoração elevado, ainda há aqueles que não a praticam suficientemente ou pelo menos não da maneira correta.

A verdade é que nem sempre “não dormir” é uma escolha direta. Muitas vezes, nosso desejo por aquelas horas necessárias de sono é afetado por fatores como idade, sexo, nível social, trabalho em turnos alternados, consumo excessivo de cafeínas (café, chimarrão, chás e chocolate), uso de bebidas alcoólicas e cigarro. Queremos dormir ou, pelo menos, sabemos que devemos dormir, mas simplesmente não conseguimos.

Pessoas ansiosas e exigentes são mais propensas a não conseguirem dormir (insônia). A insônia não só pode trazer problemas como cansaço, fadiga, mal humor e dificuldades para raciocina, como também doenças psiquiátricas, cardiovasculares e metabólicas.

Por isso, devemos praticar a “boa higiene do sono“, como dizem os especialistas. Veja algumas dicas para manter-se saudável:

  • Não vá para a cama sem sono. Faça algo relaxante, como ler um livro, escutar uma música calma ou folhear uma revista. Relaxe da preocupação de dormir;
  • Caso você não pegue no sono em 20 ou 30 minutos, saia da cama. Tente alguma atividade relaxante, de preferência em outro cômodo. Ao sentir sono retorne para cama. Tenha um quarto confortável, silencioso, escuro e levemente frio;
  • Tenha rituais que ajudem a relaxar antes de ir para cama, como banho morno, lanches leves, alguns minutos de leitura;
  • Procure acordar no mesmo horário todos os dias. Tente fazer isso mesmo em fins de semana e feriados;
  • Durma o tempo suficiente para ter sensação de sono reparador todas as noites, não ficando privado de sono. Em geral, é preciso dormir entre sete e oito horas por dia, mas a quantidade de sono necessária varia de pessoa para pessoa;
  • Evite tirar sonecas durante o dia. Se você precisa tirar uma sesta, faça por períodos curtos (menos de uma hora) e nunca depois das 15h;
  • Mantenha horários regulares para refeições, medicamentos, tarefas e outras atividades que ajudam a regular o relógio biológico;
  • Não consuma café, chimarrão, chás, chocolate, refrigerante após as 18h. Evite bebidas alcoólicas seis horas antes do horário de dormir. Não fume próximo ao horário de ir para a cama;
  • Não durma com fome, porém não coma demais antes de deitar;
  • Evite exercícios físicos intensos de quatro a seis horas antes do horário de dormir. Você deve realizar exercícios físicos regularmente, mas de preferencia no início do dia;
  • Discuta os problemas com familiares e amigos. Ajuda a aliviar as preocupações e não levá-las para a cama a noite.

Fonte: Zero Hora

Comente!

Nossos Clientes

Vídeos de Produtos

Depoimentos