Você não deve sentar de pernas cruzadas! Saiba os males causados

 

Você tem ideia de quanto tempo passamos sentados? Se fizermos um conta rápida, considerando as horas que ficamos sentados no trabalho, mais o tempo que dirigimos ou usamos transporte público, o tempo sentado fazendo as refeições, mais as horas de lazer, seja assistindo TV ou usando algum dispositivo móvel, somando tudo isso, ficamos em média 11 horas por dia sentados. Este foi o resultado de um estudo publicado em um dos mais importante periódicos de medicina, o Archives of Internal Medicine.

Mas por que ficar muito tempo sentado faz mal? Podemos arriscar em dizer que tudo iniciou no século XX. As mudanças no estilo de vida e novos modelos de trabalho, contribuíram para um sedentarismo acentuado. O nosso corpo não foi criado para passar horas sentado e sim para estar em constante movimento. E o estado de inércia que estamos vivendo tem causado danos à nossa saúde.

O pesquisador da Clínica Mayo, James Levine, em entrevista ao jornal The New York Times, afirma que: “Passar muito tempo sentado é uma atividade letal.” O ato de ficar sentado por horas pode desencadear problemas metabólicos no corpo. Se mexer na cadeira, por exemplo, gera um processo negativo, a atividade elétrica dos músculos da perna é cessada, a queima de calorias diminui e a quantidade de enzimas lipoproteínas lipase (que ajudam a quebrar a gordura) é reduzida em 90%. Além disso, após ficar 2 horas sentado o colesterol bom, diminui 20%, se permanecer mais tempo sentado a eficácia da insulina cai 24%, o que pode aumentar o risco de diabetes. Inclusive existem estudos que revelam que além da diabete, doenças cardiovasculares e até doença no fígado podem acometer a sua saúde.

E existe um agravante, além de ficar sentado boa parte do nosso dia, o hábito de cruzar as pernas, comum entre as mulheres, tem prejudicado a postura e causado problemas ao corpo  É tão natural e automático sentar e cruzá-las que nem percebemos, mas este gesto é o que tem causado alguns malefícios.

PARALISIA DO NERVO PERONEAL
Ainda que pareça elegante sentar com uma perna sobre a outra, ficar nesta posição pode causar um problema chamado de paralisia do nervo peroneal, que aumenta a pressão sanguínea, mesmo que você não tenha problemas. O que ocorre é que colocar um joelho sobre o outro, o sangue das pernas vai até o tórax, o que gera um aumento do bombeamento do sangue pelo coração. E também há um aumento da pressão por conta do esforço isométrico dos músculos das pernas (quando você fica com os músculos em uma mesma posição durante um curto período).

DESVIO DO QUADRIL
Ficar com as pernas cruzadas podem causar um desvio da pélvis, isto porque ficar sentado durante muito tempo faz o músculo interno atrofiar, ao mesmo tempo que o músculo externo aumenta. Causando fragilidade dos ligamentos e o quadril pode sofrer o desvio, que possivelmente lhe trará dores cervicais fortes.

VARIZES
Mesmo que o fator de risco para as varizes seja genética, cruzar as pernas também pode desencadear este problema. Isto porque quando ficamos com as pernas cruzadas as veias ficam pressionadas. Os vasos sanguíneos ficam apertados e frágeis, e as veias incham causando as varizes.

NERVO CIÁTICO
O nervo ciático também pode sofrer quando um joelho está sobre o outro, em algumas pessoas pode ocorrer uma paralisia completa, o que fará com que a pessoa não consiga andar, ficar de pé e nem se mexer.


E qual a postura correta para sentar?

# PERNAS A 90 GRAUS
É importante sentar em uma cadeira adequada e que lhe ofereça ergonomia, onde a lombar esteja apoiada no encosto da cadeira e as pernas estejam em paralelo – uma do lado da outra. Ei, sem cruzar, ok? 😉 Os joelhos devem estar em um ângulo aproximado de 90 graus. A parte de trás da coxa não deve ficar pressionada sobre o assento.

# APOIO PARA OS PÉS
Caso seus pés não fiquem apoiados totalmente ao chão, é preciso usar um apoio para que a perna fique na altura correta e as coxas não fiquem pressionadas. O apoio para os pés corrige a angulação das pernas, auxilia na circulação sanguínea, desobstruindo as veias demorais.

5 BENEFÍCIOS DO APOIO PARA OS PÉS:


1. Possui 3 níveis de regulagens de altura: adequa-se ao usuário de várias estaturas.

2. Corrige a posição das pernas: os pés apoiados fazem força contrária, corrigindo a lombar à posição ergonômica ideal.

3. Coxas apoiadas sobre a cadeira: previne varizes, formigamento, inchaço e desconforto muscular nas pernas.

4. Evita lesões e previne doenças: contribui para o aumento da produtividade, evitando que você sinta fadiga ou dores musculares que podem gerar afastamento.

5. Possui laudo ergonômico, conforme a NR17 do Ministério do Trabalho.

 

Confira mais detalhes em nossa loja virtual, acesse: http://bit.ly/apoiopesmagnetico

E conta pra gente, você acredita que consegue deixar de cruzar as pernas, pelo menos no horário de trabalho?

Até a próxima semana.
Abraços 😀

Seja o primeiro a comentar!

Comente!

Nossos Clientes

Vídeos de Produtos

Depoimentos

Pedidos recebidos até 14/12 serão entregues em 2018 (exceto personalizados e grandes contas). Faça já seu orçamento. Dispensar